Fotografo: Divulgação
...
Comandante ten-cor. Januário Batista

Nesta segunda feira dia 24 de junho de 2019, ás 18h00min horas, o apresentador do Programa Atos Notícias pela 106,7 o radialista Dulcídio Vaz de Campos Filho o popular (Campos Filho). Esteve visitando o 4ª Batalhão da Polícia Militar de Mato Grosso em Várzea Grande, a onde esteve batendo um papo com o comandante tenente coronel Januário BATISTA, que do combate a Criminalidade em Várzea Grande, e da atuação do seu policiamento no município.

O munícipe esta cometendo um grande erro, em não registrar o seu BO quando assaltado, ou roubado, ou qualquer furto de qualquer natureza. Como nós policiais vamos saber se esta acontecendo auto índice de roubos em uma região, se as pessoas que estão sendo vítima, e não registram as ocorrências, ou seja os BO. Fica difícil para a polícia saber, por que nós trabalhamos com dados. Se não tiver esses dados, para nós esta tudo bem.

Em Várzea Grande, o nosso trabalho este muito diferenciado, e o patamar de controle da criminalidade e da violência e dos homicídios diminuiu 44% é o município que mais reduziu o numero de homicídio no Estado de Mato Grosso. Esse resultado é todo resultado do nosso trabalho para a nossa população como: as nossas blitz nas Ruas, nas Avenidas, e bairros de nossa cidade. Com 28 viaturas, e um contingentes de mais de 1.800 policiais, que estão trabalhando incansavelmente em beneficio do nosso cidadão.

A Polícia Militar, e o 4ª Batalhão, e com a Guarda Municipal, que é uma grande parceira nesse projeto, juntamente com o secretario Silvio Fidelis da Educação, que estamos unidos preparando as nossas crianças nas escolas para o futuro, e sem violência, e usando uma consciência para o não uso de drogas, e procurando ter uma profissão desde criança, para quando chegar a sua idade adulta, esta preparado para  formar a sua família e para a sociedade. É este o nosso trabalho como comandante desse 4ª Batalhão que só quer defender os munícipes de nossa Várzea Grande.

Nós policiais não vamos recuar um passo, para os fora da lei. Combate a Criminalidade já.

 

Da Redação