Fotografo: divulgação
...
Ponte do Rio

Secretaria de Estado de Cidades (Secid) informou que está finalizando projeto para a contenção das cabeceiras da ponte Benedito Figueiredo, localizada no bairro Coophema, em Cuiabá, e que licitará a obra em regime emergencial. A declaração foi feita pelo gestor da pasta, Wilson Santos, durante reunião com o prefeito da capital, Emanuel Pinheiro. 

Devido ao risco de desmoronamento iminente, a ponte foi bloqueada na noite de quinta-feira (17). Coordenador da Defesa Civil do Município, Paulo Wolkmer informou que desde novembro do ano passado a ponte já vinha sendo monitorada por engenheiros técnicos do órgão, devido ao processo de “desbarrancamento”. 

Apesar disso, a estrutura da ponte em si não apresenta problemas. “As fortes chuvas que atingiram Cuiabá nos últimos três dias encheram o rio Coxipó e provocaram também o desmoronamento do barranco que sustenta as cabeceiras da ponte. Se continuar chovendo, nas próximas 20 horas elas poderão ser completamente destruídas”.

A ponte foi fechada com gelos baianos e ficará interditada por tempo indeterminado. Para auxiliar o trânsito, a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) foi acionada. Agentes de trânsito orientaram os condutores sobre desvios por meio da avenida Fernando Corrêa da Costa e Beira Rio durante todo o dia de ontem (17).

Após reunião com o prefeito de Cuiabá, o secretário Wilson Santos informou que medidas já estão sendo tomadas. “Pedimos paciência, calma e prudência aos usuários da ponte. Já estamos na fase final do projeto para a obra de contenção dos desmoronamentos e vamos licitar a obra em estado emergencial. Mas isso só poderá acontecer após o recesso das chuvas”.