Fotografo: Divulgação
...
Emanuel Pinheiro

Em entrevista no programa A Notícias de Frente, da TV Vila Real. O prefeito de Cuiabá que esta lutando, contra tudo, e contra todos para á sua reeleição em 2020. Disse em entrevista á reporte da Linha de Frente, um programa político apresentado pelo Lúcio Jorge e a Nyara, e com á participação do jornalista Antero  Paes de Barros. 
 
Disse que temos dois DEMS em Mato Grosso. Um que esta me apoiando a minha reeleição, que é o do senador Jaime Campos e Júlio Campos. E o outro do governador Mauro MENDES, que é contra á minha candidatura, e apoia á candidatura do Fábio GARCIA. Tudo bem.
 
Á verdadeira Democracia começa por aí. Nós apoiamos quem agente quer apoiar. Desde que entramos em um acordo, para que caminhamos juntos nas próximas eleições do ano que vem. Foi assim que fechamos com o senador Jaime Campos e o senhor Dr. Júlio Campos. Que até se propôs á ser o meu vice, lembram? Agora nós respeitamos a atitude do presidente do DEM Municipal de Cuiabá, que tem como presidente o senhor Beto. Que é a favor da candidatura própria, e vem com o nome do Fábio Garcia, por que é do grupo do Mauro Mendes. 
 
Sem problema. Mais, nós estamos fechado com o grupo do senador Jaime Campos e Júlio Campos. E até o ano que vem, as conversas continuam. Ainda não me decidir sem venho ou não para á minha reeleição.
 
Agora, quem é o pai da criança, ou seja quem começou as obras do hospital da Cidade ? e quem concluiu ? é aí que esta á questão e á polemica da obra. Que será entregue no dia 18/11, e com á presença do ministro da Saúde, e sem á presença do governador Mauro Mendes, que disse em entrevista, que não vai comparecer, por ter começado tudo, e agora, não ser o pai da criança. Durma com um barulho.
 
O Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, falou que ele é o pai da criança, por que fez todos os investimentos para á conclusão da Obra, e que merecê fazer essa inauguração, e com ás obras todas concluídas. E não começar , e não terminar, como tem muitas por ai abandonadas na cidade, e na gestão passda. Eu comecei, eu concluo. Doa a quem doer. Pontuou.
 
Fonte Campos Filho