Fotografo: Secom-vg.
...
Secretarios de vg

O secretário de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, Silvio Fidelis, que também é presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME/MT), participou na manhã de quinta-feira, 18, da abertura do 3º Seminário da Educação Infantil, promovido em parceria pela Secretaria de estado Educação - Seduc e prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande.

O seminário que ocorre nos dias 18 e 19 de julho no auditório do Hotel Fazenda Mato Grosso em Cuiabá, tem como foco os desafios da Educação Inclusiva no Brasil contemporâneo a partir da Educação Infantil, sob um novo olhar pedagógico nas políticas públicas da gestão municipal. A cerimônia de abertura do evento contou com as presenças da professora Gemiana Santos, da Secretária Estadual de Educação, do Promotor de Justiça, Miguel Slhessarenko Júnior, da Defensora Pública, Cleide Regina Ribeiro, da Presidente do Conselho Estadual de Educação, Adriana Tomasoni, da professora Jaqueline Pasuch, do Movimento Interfóruns de Educação Infantil do Brasil, além de representantes da Associação Mato-grossense dos Municípios – AMM, União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação - UNCME e do palestrante Rodrigo Hübner Mendes.

Em sua fala, o secretário Silvio Fidelis destacou a importância do evento, que em sua terceira edição reúne profissionais da educação, professores, pedagogos e especialistas, reforçando que o debate sobre a educação inclusiva é o alicerce para o fortalecimento das políticas públicas implementadas pela gestão municipal a fim de garantir os processos pedagógicos de aprendizagem plena. “O Seminário é uma oportunidade do envolvimento de todos os profissionais que atuam na educação para promovermos a inclusão, fazendo a diferença na construção dos processos pedagógicos do acolher,  do brincar e estudar, tão importantes para nossos alunos”, declarou.  

O 3º Seminário da Educação Infantil tem como eixos palestras e oficinas que serão conduzidas pelos profissionais de educação e especialistas, abordando todos os aspectos dos desafios da educação inclusiva, as influências da prática pedagógica sob as vivências pessoais da infância, a educação inclusiva e as tecnologias educativas, o olhar pedagógico na infância e suas experiências na arte, entre outros.

O impacto da Base Nacional Comum Curricular – BNCC - no planejamento do professor será tema de palestra a ser proferida na sexta-feira, dia 19, pela professora Karina Rizeck, de São Paulo.

Para o secretário Silvio Fidelis, a educação inclusiva também tem que ter um olhar diferenciado para crianças vítimas de violência dentro e fora do ambiente escolar. Essa temática será abordada em palestra pelos representantes da Defensoria Pública e pelo Ministério Público de Mato Grosso, Cleide Regina Ribeiro e Douglas Strachicini, na sexta-feira (19).

Ainda no dia 19, o Seminário vai debater sobre as Competências Básicas e as Avaliações na Educação Infantil com observações e intervenções pedagógicas, com a professora especialista Regina Emiko Shudo e oficina de Tecnologia de Educação Infantil, com Thalles Monteiro.