Fotografo: Divulgação
...
Prefeita, secretario, e o Diretor do PSM

 
SUS Fortalecido
Reforma e ampliação do Hospital e Pronto Socorro será concluída em 2020
Investimentos na Saúde devem atingir 25% das receitas quando a lei prevê 15%
Até o primeiro semestre de 2020, o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande estará com todas suas dependências reformada, melhorada e ampliada para ofertar atendimento médico de urgência e emergência para a população que necessita do Sistema Único de Saúde – SUS, que na cidade é porta aberta e não tem custo para quem a procura.
 
Com uma média de 45% até 55% de atendimentos em pacientes de outras cidades, Estados e até mesmo países, o Hospital e Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande foi a primeira unidade de saúde a funcionar 24 horas por dia e com portas abertas e de forma gratuita.
 
“Em 2015 quando assumimos a administração de Várzea Grande, o Hospital e Pronto Socorro era a única unidade a funcionar 24 horas/dia e estava em condições precárias, o que passou a exigir pesados investimentos e reformas constantes, o que aconteceu, mesmo não fechando em nenhum momento”, disse a prefeita Lucimar Sacre de Campos.
 
Ela lembrou que em 2016 entregou a Unidade de Pronto Atendimento – UPA IPASE e em 2019 a UPA Dr. Farid Seror no Grande Cristo Rei, duas novas unidades de saúde de urgência e emergência para reforçar o atendimento a população de uma maneira em geral.
 
“Essas inaugurações somadas a outras unidades de saúde de Atenção Básica, aquela nos bairros que fazem o primeiro atendimento a população, e a reforma, melhoria e ampliação das antigas Policlínicas, hoje Clínicas de Saúde Médica, permitiu que o SUS em Várzea Grande funcionasse de forma mais eficiente ampliando a cobertura de saúde pública”, disse o secretário de Saúde de Várzea Grande, Diógenes Marcondes sinalizando que na contramão do que acontece na maioria das cidades do Brasil, Várzea Grande abriu novos leitos hospitalares
 
Fonte Secom-vg.